Oficina gratuita dá ênfase a criatividade, contemporaneidade, tradição e popularidade aos cuiabanos

15
Fevereiro

Oficina gratuita dá ênfase a criatividade, contemporaneidade, tradição e popularidade aos cuiabanos

Escrito por 
Publicado em Cultura

Projeto DançAfro promove a inclusão social de crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos da sociedade cuiabana por meio de ações sociocultural em aulas presenciais de dança africanas gratuitamente.

 

 

A cultura africana é de grande importância na formação da cultura brasileira. É preciso e necessário torna-la socialmente visível, bem como demonstrar o papel que ela tem na formação étnica e social do Brasil.

Para expressar a necessidade humana de conexão com a terra e com o mundo espiritual, a expressão corporal nos sintoniza com a natureza e nos religa a um propósito, a dança é uma arte praticada há milhares de anos pela maioria dos povos nativos, em diversos lugares do mundo.

A oficina irá formar os participantes em dança africana através de percussão no tambor, uma prática, vocal e instrumental de qualidade, que contribuam para uma satisfação e prazer pessoal dos seus envolvidos, o que seguramente reflete numa sociedade mais crítica, confiante e capaz de respeitar a diversidade étnica mato-grossense e nacional. Com encontros online e o presencial somente para a montagem das aulas e execução do professor de dança, com responsabilidade das normas de distanciamento com marcação, uso de máscaras e utilização de álcool gel.

 “Os elementos rituais da dança africana e seus elementos, permanecem vivos e presentes, propiciando o exercício dos vínculos de pertencimento e a reiteração de valores culturais, em nossa proposta, afro-brasileiros”, afirmou a idealizadora do Projeto DançAfro, Lindisay Sá.

A oficina tem o apoio do Governo Federal, por meio da Lei Aldir Blanc, Conselho Municipal de Cultura e Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Lazer de Cuiabá.

O projeto tem a ciência de que a prevenção contra o Covid-19 é necessário, todos os participantes usarão mascara, utilizarão álcool 70%, seja ele gel ou não e mantém o distanciamento.

 

SOBRE A PRODUTORA LINDISAY CATARINA DE SÁ

Produtora formada pela MT Escola de Teatro e UNEMAT, idealizadora do projeto DançAfro, com a realização da Lei Aldir Blanc, Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer de Cuiabá e Governo Federal.

 “Queremos, com a oficina, deixarmos um legado no presente, e principalmente, um futuro”, finalizou Lindisay Catarina de Sá.

Lido 321 vezes
Avalie este item
(0 votos)

banner lateral

 

GRUPO ENTREVIA

(65) 9 8404-6977 (OI)
(65) 9 9953-8309 (vivo) Whatsapp
(65) 9 9210-1819 (Claro)
(65) 9 8121-9249 (Tim)

O Grupo

Redes Sociais

Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro do Grupo Entrevia..

Facebook Twitter RSS Pinterest Youtube Google+

GPlus Flickr Blogger/ Vimeo Picasa Instagram

GRUPO ENTREVIA - EVENTOS EM GERAL- TEATRO - DESIGN GRAFICO - FOTOGRAFIAS - ASSESSORIA GLOBAL